Winwood Walls em Miami: Visite os Estados Unidos

Miami é uma cidade atraente pelas ruas largas e limpeza urbana, além de uma estrutura de moradia que agrada aos olhos pela sensação de segurança e bem estar que oferece.

07/05/2017

Miami é uma cidade atraente pelas ruas largas e limpeza urbana, além de uma estrutura de moradia que agrada aos olhos pela sensação de segurança e bem estar que oferece. Lá o governo municipal está sempre realizando obras para melhorar o trânsito, estética da cidade e ampliação de espaços de lazer. O turista que não tem habilidade em inglês não vai se sentir à parte em Miami, haja vista que na cidade há uma imensa e profunda herança hispânica por isso, em muitos bairros, o espanhol é mais ouvido que o inglês e é mais fácil achar nativos de Cuba, Porto Rico, Venezuela e B rasil do que americanos anglo-saxões. Os números são interessantes: cerca de 60% da população é de origem latina. Então, Miami é um dos lugares mais procurados por brasileiros pelas compras, pelo clima que é verão o ano inteiro (uma média de 30ºC por isso, as casas tem sistema de ar-condicionado central que permanece ligado 24 horas), com raros temporais e atrativos urbanos interessantes que vamos mostrar na nossa reportagem em vídeo. Dirigir por Miami é muito fácil, mais ainda quando se tem um GPS. Os alugueis de carro custam em média U$ 20 (carro básico), somando à seguro obrigatório de mais uns U$ 15 e o GPS que custa U$ 10 por dia. Esta é uma média, os valores fechados vão depender da empresa escolhida. O aluguel é pago no cartão de crédito assim como todas as demais taxas que podem ser dispensadas, sugerimos que ao locar, o turista feche apenas o carro, seguro (obrigatório) e GPS. O cliente sai com o carro do próprio aeroporto e o tramite é bem rápido tanto para locar como para devolver. As ruas são bem sinalizadas e tudo é baseado nos pontos cardeais. Trânsito lento existe em horários de pico por volta das 9 horas da manhã e final de tarde. Lá amanhece por volta das 7h30 e escurece por volta das 20h. As lojas abrem a partir das 9 horas, assim como OutLets que funcionam até às 22h30. Onde ficar? Para quem quer economizar na estadia dispensando hotéis que chegam a cobrar mais de R$ 500 por diária, uma opção é usar o aplicativo Air BNB  que oferece várias opções que atendem diferentes perfis de clientes. Nesse aplicativo estão moradores de Miami, incluindo brasileiros, que alugam quartos em suas casas para estadia temporária. Um desses investidores é o Filipe Quirino, que há pouco mais de cinco meses começou com essa prática e vem recebendo brasileiros em sua casa de diversas partes do país que trocaram hotéis por essa estadia alternativa. O imóvel dele está no aplicativo airbnb e o quarto para até 5 pessoas sai ao preço de U$ 80 a diária. Passeios Turísticos Quem busca por passeios deve ter cautela antes de contratar o profissional, pois muitos imigrantes trabalham ilegais, principalmente no ramo do turismo. Um conselho é antes de fechar negócio ir em busca de indicações de outras pessoas que já fizeram o passeio com a empresa que você deseja contratar ou fazer uma pesquisa de sua idoneidade na internet mesmo, vá sempre em busca de contratar profissionais credenciados. Isso é importante porque se a polícia flagrar o turista alimentando essa prática, também poderá ser punido e a viagem acaba se tornando um verdadeiro pesadelo. Quem opta por trabalhar legalizado paga muitas taxas e às vezes o lucro do negócio só dá mesmo para pagar as despesas. Trabalhar fora do país é o desejo de muitos brasileiros mas a vida não é tão fácil quanto parece. Conversando com alguns deles, o jornalismo de viagem ficou sabendo que o sistema de férias na Flórida é bem restrito. A empresa concede apenas 15 dias de férias por ano e o trabalho é remunerado por horas trabalhadas, não por período mensal como acontece no Brasil. Por aqui, encontramos o Vicente Machado, brasileiro, casado com uma brasileira e que há quatro anos trabalham com transporte turístico em Miami. Vicente começou a trabalhar em subempregos há cinco anos e depois ingressou em uma cooperativa de receptivos, hoje tem seu próprio negócio, a empresa Brazuka Tour que realiza trabalho de receptivo com brasileiros que visitam a Flórida. Opções de Visitação Miami é um lugar de compras e para quem gosta de roupas de grife. Um dos bairros mais conhecidos de lá nesse contexto se chama Miami Design District. O lugar estava abandonado, à margem das belezas da cidade, até que um projeto de revitalização transformou o bairro em um dos lugares mais disputados por grandes grifes internacionais. É uma passarela da moda urbana, a Meca das maiores marcas de roupas, decorações e joias de Miami. Lá tem lojas como Armani, Rolex, BurBerry, Tom ford, Versace, Dior e muitas outras. Outra atração de Miami é o bairro Wynwood Walls, também revitalizado. Os armazéns velhos foram substituídos por lojas coloridas por artes em grafites. Artesãos e artistas plásticos adotaram o bairro e transformaram a cara do lugar em um ambiente despojado e rico em cores e expressão da arte moderna. Ali bem perto está a Biscayne Boulevard, que é a principal avenida de Miami. Nela, o interessante é que as calçadas foram desenhadas pelo renomado paisagista brasileiro, Roberto Burle Marx que morreu em 1994 depois de projetar mais de dois mil jardins em várias partes do mundo.

Especiais relacionados