Tecnologia é fundamental para tribos de viajantes no segmento de carros e transfers

A facilidade inerente ao uso de aplicativos de táxi, transfer e carros compartilhados terá apelo especial para os Buscadores de Simplicidade

Junho de 2017

O impacto da economia compartilhada sobre o segmento de táxis e de carros não tem sido tão avassalador quanto foi sobre a indústria hoteleira, mas certamente causou um efeito dominó que mudou a forma como os viajantes utilizam o transporte terrestre ponto-a-ponto. Aplicativos como o Uber fizeram da reserva de corridas um negócio bilionário e desencadearam uma revolução no modo como as pessoas reservam táxis. Com a tecnologia como denominador comum, cada uma das tribos de viajantes destacadas em nossa pesquisa terá uma abordagem diferente sobre carros e transfers no destino final. A facilidade inerente ao uso de aplicativos de táxi, transfer e carros compartilhados terá apelo especial para os Buscadores de Simplicidade. Serviços de concierge e centros de informações podem estimular os Buscadores de Simplicidade a se beneficiarem desses serviços, ajudando-os a acessar e a fazer o download dos apps que têm relevância no mercado local. Por outro lado, os Puristas Culturais vão argumentar que os serviços de transporte da economia compartilhada reciclam a renda de volta para a economia local. Os aplicativos de táxis e de transfer estão gerando empregos, enquanto os de carona e de compartilhamento de transporte lhes dão a oportunidade de conhecer habitantes locais ou outros viajantes com a mesma mentalidade. Os Buscadores de Capital Social apresentam predisposição ao uso de apps e de seus celulares para reservar uma corrida, assim, é provável que eles já sejam parte da economia de compartilhamento. Encontrar novas pessoas por meio do compartilhamento de um veículo trará novos contatos para suas redes de contatos. Vários dos negócios de apps de táxi e transfer já estabelecidos oferecem serviços de solicitação de limusine, como o Cabify, que atrairão os Caçadores de Recompensas. Essa gama de produtos terá forte apelo dentro do ambiente urbano e apelará para o desejo da tribo pelo luxo a cada curva. Hotéis sofisticados e de boutique poderiam formar parcerias com fornecedores de limusines para assegurar que o Caçador de Recompensas tenha sempre acesso a um veículo de luxo. Não raro, se locomover pela cidade é mais tenso que pegar um voo. Os Viajantes por Obrigação precisam saber que os aplicativos de táxis e de transfers são parte das opções de transporte, e que o transporte está a apenas alguns toques de distância. Esta tribo apreciará a facilidade de uso do Blacklane e de outros serviços similares e, se houver um relacionamento corporativo vigente, o relatório das despesas será muito mais fácil também. Especialmente populares entre os Viajantes Éticos são os apps de carona e de viagens compartilhadas, principalmente em trajetos mais longos. O Viajante Ético poderia até se esquivar do tradicional carro alugado, mas compartilhar uma viagem longa tornaria menor a preocupação ambiental. Fonte: www.agentesdeviagem.com

notícias relacionadas